fbpx

4 dicas essenciais para uma gestão financeira eficiente

4 dicas essenciais para uma gestão financeira eficiente

Para uma empresa crescer e prosperar, não basta apenas oferecer o melhor produto e/ou serviço. É preciso que o gestor cuide também dos aspectos operacionais e financeiros do negócio para, assim, garantir que as boas vendas sejam transformadas efetivamente em lucro e possibilitem investimentos no negócio.

Uma boa gestão financeira empresarial compreende alguns pontos importantes como, por exemplo, fazer um planejamento estratégico, acompanhar regularmente os números da empresa e contar com a ajuda de um software financeiro para não perder nenhuma informação. Veja 4 dicas essenciais para fazer gestão financeira empresarial:

Não misture as despesas pessoais com as empresariais

O primeiro passo para uma gestão financeira empresarial eficiente é separar as próprias despesas dos gastos da empresa. Caso ainda não tenha contas separadas, crie uma exclusivamente para o negócio. Assim, você não corre o risco de gastar o próprio dinheiro para cobrir despesas empresariais e vice-versa.

Uma forma de manter a separação é estipular um pró-labore para você e, se for o caso, para seus sócios. Assim você sabe quanto tem que tirar mensalmente da conta da empresa para suas próprias despesas.

Faça um planejamento estratégico

Executar uma gestão financeira empresarial eficiente passa por realizar um planejamento estratégico da empresa. O documento consiste, em linhas gerais, da definição da visão, missão e valores estratégicos e, também, para onde o negócio deseja seguir. O planejamento deve conter os projetos corporativos e como eles serão executados. Escreva, ainda, os objetivos de cada estratégia a ser adotada, quem são os responsáveis por ela e o prazo a ser cumprido.

As informações utilizadas no planejamento estratégico devem ser convertidas em números para, assim, serem medidas e comparadas. O documento deve ser atualizado constantemente para refletir a realidade atual do negócio.

Acompanhe regularmente os números da empresa

Muitos gestores terceirizam o gerenciamento das finanças da empresa para funcionários. Esse é um  grande erro, pois só acompanhando os números do negócio é possível saber como está o desempenho financeiro da empresa.

Faça uma análise diária ou, pelo menos, semanal de todas as entradas e saídas de caixa da empresa. Além de conferir os valores, é importante avaliar de onde saem as principais receitas corporativas e em que áreas estão os principais gastos. Esses dados serão úteis na hora de planejar investimentos e, ainda, efetuar cortes de custos para reduzir desperdícios e equilibrar as finanças das empresa.

Conte com a ajuda de um software financeiro

Um software financeiro é uma ajuda essencial para manter as finanças da empresa em dia. A ferramenta centraliza informações como entradas e saídas de caixa, categoriza receitas e despesas e torna mais simples processos como emissão de notas fiscais. São diversas as opções de softwares disponíveis no mercado. Além de avaliar o fator custo, considere se o sistema possui as funcionalidades mais necessárias para as operações da sua empresa.

Com essas 4 dicas incríveis, fazer a gestão financeira empresarial ficará muito mais fácil, não é mesmo?

Gostou do conteúdo? Não esqueça de compartilhar o post com seus amigos nas suas redes sociais!



Autor: Gustavo Resende
Mercadólogo, especialista em finanças e Diretor de projetos da GGV com skills orientadas a gestão de negócios, finanças e relacionamento empresarial.