fbpx

Renda fixa ou abrir o próprio negócio?

Introdução

Saber como aplicar o próprio dinheiro, maximizando as oportunidades de lucro, é um dos desejos da maioria das pessoas. Afinal, nada melhor do que ter estrutura financeira para estar preparado para o futuro, para possíveis emergências e também para desfrutar da vida com mais tranquilidade. Hoje vamos comparar duas modalidades de investimento: investir em renda fixa e empreendedorismo. Afinal, qual vale mais a pena?

Investimentos em renda fixa

Os investimentos em renda fixa têm crescido muito no Brasil, assim como as aplicações na Bolsa de Valores. A renda fixa é um tipo de investimento no qual as regras de remuneração são estabelecidas no momento em que o investidor aplica dinheiro no título. Ou seja, ele já sabe o prazo para receber e como a remuneração vai ser calculada. É como se ele estivesse fazendo um “empréstimo” para uma entidade e recebendo posteriormente com juros. Isso traz certa segurança, que é uma das razões pelas quais a modalidade tem sido tão buscada.

Além disso, o dinheiro aplicado em renda fixa é administrado por um profissional especializado e a liquidez é uma das vantagens. Por outro lado, também existem algumas desvantagens: esse tipo de investimento tem uma rentabilidade baixa, em alguns casos abaixo até da inflação. Outro ponto que vale destacar é a tributação regressiva, iniciando em 22,5% sobre a rentabilidade, e chegando até 15%, de acordo com o tempo que o investimento ficou aplicado.

Outro custo que é importante ficar atento é a taxa de administração de fundos de renda fixa. Cada fundo possui uma regra específica, mas a média fica entre 1 a 2% ao ano de taxa de administração. Alguns também cobram uma taxa de performance, caso o fundo ultrapasse o benchmark de mercado (exemplo: taxa de performance de 20% sobre o que exceder o CDI. Nesse caso o gestor do fundo ficará com um valor adicional por ter conseguido alocar o investimento corretamente e ter ultrapassado um indicador do mercado).

Abrir o próprio negócio

Outra forma de investir um capital que você tenha disponível é abrir um novo negócio. Embora essa possibilidade possa parecer “assustadora” e talvez demorar mais para trazer o retorno esperado, ela acaba sendo mais vantajosa, afinal o crescimento exponencial depois de abrir uma empresa é maior.

Quando você começa o seu próprio negócio, vai se dedicar quase que integralmente a ele (o que não costuma acontecer em outras modalidades de investimento), vai estar em um segmento com o qual já tem familiaridade e a realização financeira virá acompanhada pela realização pessoal de ter a sua empresa.

No entanto, se você pretende apostar nesse investimento para 2020, é preciso tomar medidas para minimizar os riscos. O empreendedorismo pode ser bastante arriscado quando o empreendedor não tem certos cuidados iniciais.

Basicamente, antes de se jogar de cabeça no novo negócio, é preciso fazer uma análise de viabilidade, que vai apontar se aquela ideia tem potencial para ser sustentável e lucrativa. Entre esses indicadores, temos o Valor Presente Líquido (VPL), que são projeções de fluxo de caixa trazidos para o valor presente; a Taxa Interna de Retorno (TIR), que calcula a taxa de desconto do fluxo financeiro para que o VPL chegue a zero e o Payback, que mostra quanto tempo vai levar para que o lucro acumulado se iguale ao investimento realizado inicialmente, ou seja, em quanto tempo o investimento volta para o seu bolso.

Com a análise desses três indicadores, você tem segurança para começar o seu negócio sabendo que ele realmente será lucrativo. Mas essa avaliação precisa ser feita por profissionais especializados, afinal, ela é um dos fatores que condicionam a abertura ou não dessa nova empresa. Para minimizar os riscos com a abertura de um novo negócio ela análise de viabilidade precisa ser minuciosa e assertiva, o que é justamente a nossa especialidade!

Entre em contato com a GGV Inteligência em Vendas e vamos ajudar você a investir bem o seu dinheiro!



Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.